Saiu na mídia


Alunos do Projeto Ciranda do Conhecimento participam de programa de rádio

 Enviar Por E-mail Enviar Por E-mail | Imprimir Imprimir
thumb_midia_26out12

Cinco estudantes da EMEF Germinio Rubert farão a programação da Expresso 98, da Rádio Gazeta FM 98.1

Segredo (RS) – Cinco alunos do Projeto Ciranda do Conhecimento estão comandando, entre os dias 22 e 26 de outubro, os microfones da Rádio Gazeta FM 98,1, de Sobradinho. A iniciativa é do locutor do Programa Expresso 98, Paulo Papito Duarte, que pelo segundo ano oportuniza a algumas escolas a participação, elaboração e execução do programa durante uma semana. O objetivo é permitir que os estudantes tenham uma experiência única de aprender e valorizar o trabalho realizado dentro de uma rádio, compreendendo sua importância como veículo de informação e entretenimento.
Os alunos Gabriela Bernardy, Cristian Pappis, Rafael Franciscon, Jhonatan Brixner e Patricia Marion são da Escola Municipal de Ensino Fundamental Germinio Rubert, de Segredo (RS). Durante o programa, que vai ao ar de



SENAR/SC e SOUZA CRUZ promovem capacitação de produtores rurais em Pinhalzinho

 Enviar Por E-mail Enviar Por E-mail | Imprimir Imprimir
thumb_midia_semfoto

Doação de dez notebooks faz parte do Projeto Saber, de inclusão digital no campo
A Souza Cruz fará a entrega, no próximo dia 23, de dez notebooks para o Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Pinhalzinho (SC). A iniciativa se insere no Projeto Saber, desenvolvido pela empresa desde 2009, e que já distribuiu 8,3 mil computadores às comunidades. O objetivo é estimular a inclusão digital no campo, oferecendo aos agricultores opções de gerenciamento e desenvolvimento das pequenas propriedades rurais.
No caso de Pinhalzinho, os equipamentos doados pela empresa se integram à reforma do laboratório de informática do Sindicato. Também parceiro, o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar/SC) proporcionará cursos de capacitação básica aos produtores integrados e aos seus descendentes maiores de 16 anos.
Segundo o diretor Dimar Frozza, em seus 109 anos de história, a Souza Cruz sempre teve uma forte



Projeto Renovar segue qualificando moradores do Bairro Battisti

 Enviar Por E-mail Enviar Por E-mail | Imprimir Imprimir
midia_19out12_1

Iniciativa formou segunda turma da Oficina de Artesanato e qualificou moradores para o reaproveitamento de alimentos

Venâncio Aires – Capacitação profissional, geração de trabalho, renda e desenvolvimento comunitário sustentável. Com este propósito surgiu, em 2010, o Projeto Renovar, no Bairro Battisti, em Venâncio Aires (RS). Passados dois anos do início das atividades, o projeto segue qualificando os moradores. Neste mês de outubro, aconteceu a formatura da segunda turma da Oficina de Artesanato e a realização do Curso de Reaproveitamento de Alimentos.
O Curso de Reaproveitamento de Alimentos, realizado dia 9 de outubro, ensinou aos moradores como aproveitar melhor os legumes e vegetais. Na ocasião, a nutricionista do Serviço Social da Indústria (Sesi) de Santa Maria, Fernanda Fratton, falou sobre higiene dos alimentos, alimentação saudável, além de ensinar novas receitas. “Tudo muito natural, nutritivo e que pode ser produzido na horta



Projeto Despertar realiza oficina com mães agricultoras e alunos em Vera Cruz

 Enviar Por E-mail Enviar Por E-mail | Imprimir Imprimir
midia_11out12_1

Curso de aproveitamento de produtos da horta reuniu 20 pessoas na cozinha da Escola Municipal de Ensino Fundamental Jacob Blész
Vera Cruz (RS) – Lançado oficialmente no dia 1º de novembro de 2011, na Escola Municipal de Ensino Fundamental Jacob Blész, em Vera Cruz, o Projeto Despertar já conta com 10 oficinas nas áreas de esporte, artes e cultura, acompanhamento escolar, inclusão digital e meio ambiente. As atividades são realizadas de segunda a quinta-feira, em turno inverso ao escolar, prioritariamente à tarde, o que possibilita a permanência do aluno durante todo o dia dentro do estabelecimento de ensino.
Na última terça-feira, o projeto recebeu um curso sobre aproveitamento de produtos da horta, que reuniu 20 pessoas entre alunos, mães agricultoras, coordenação, monitores e merendeiras da escola.
Na cozinha do educandário, a nutricionista do Serviço Social da Indústria (Sesi) de Santa



O fumante em paz

 Enviar Por E-mail Enviar Por E-mail | Imprimir Imprimir
midia_semfoto2

Para evitar que as más línguas amarelas venham denunciar minhas intenções com este texto, esclareço, logo, que me refiro ao fumo de tabaco, muito embora os textos controversos sobre maconha hoje abundem nas páginas de jornais, gerando debates os mais doidos e doídos.
Defender o uso de maconha, atualmente, é fácil e, por vezes, até recomendável pela lógica não só das liberdades individuais, mas do liberalismo econômico mais avançado e vanguardista da escola de Chicago.
Difícil, mesmo, é defender o uso de tabaco, essa droga insidiosamente cancerígena, causadora de impotência aguda, infarto prévio e tudo o mais, grande vilão num mundo de consumo, de resto, altamente saudável.
Ironicamente, o uso de tabaco, assim como o de Ovomaltine, é um direito, enquanto o de maconha é um delito ainda grave.
Mas isso é outra coisa.
O que pretendo dizer está engasgado



Projeto inovador em restauração florestal

 Enviar Por E-mail Enviar Por E-mail | Imprimir Imprimir
2

Proposta prevê recuperação e conservação do Maciço do Segredo
Está previsto para este mês o início das ações do projeto de manejo e recuperação em remanescentes de Floresta Ombrófila Mista, aprovado pela Superintendência do Ibama/RS. A proposta foi apresentada no instituto pela professora Ana Paula Rovedder, do Departamento de Ciências Florestais da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). A expectativa é trabalhar com quebra de paradigmas, unindo restauração florestal com potencial produtivo. A iniciativa é o desdobramento de acordo assinado com o Sindicato Interestadual da Indústria do Tabaco e a Associação dos Fumicultores do Rio Grande do Sul, em agosto de 2011, prevendo ações para recuperação e conservação do Maciço Segredo, localizado na cidade de mesmo nome, na região Centro-Serra do Estado. Na ocasião, também foi firmado termo de compromisso para viabilizar a implantação de um sistema piloto de monitoramento



Trabalho infantil

 Enviar Por E-mail Enviar Por E-mail | Imprimir Imprimir
1

O combate ao trabalho infantil no plantio, colheita e beneficiamento do tabaco é o objetivo do evento que o Sindicato Interestadual da Indústria do Tabaco vai promover em Blumenau hoje e amanhã. A ideia é reunir no Viena Park Hotel cerca de 100 funcionários das empresas associadas da região que trabalham orientando os produtores no campo. Haverá palestras da Organização Internacional do Trabalho e do Ministério da Saúde. Este é, segundo o sindicato, o mais extenso trabalho já feito por um setor produtivo para combater o trabalho infantil.
Fonte: Jornal de Santa Catarina (MERCADO ABERTO | Francisco Fresard)



Alagoas e Bahia passarão a exportar tabaco para a China

 Enviar Por E-mail Enviar Por E-mail | Imprimir Imprimir
3

Próximo passo será a liberação de PR e SC após análise que já estão sendo realizados nesses dois Estados
O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) do Brasil e a Administração Geral de Qualidade, Inspeção e Quarentena (Aqsiq, em inglês) da China assinaram protocolo para exportação de folhas de tabaco dos Estados de Alagoas e Bahia nesta terça-feira, 28 de agosto.
O Ministério da Agricultura foi representado pelos secretários de Defesa Agropecuária, Ênio Marques; de Relações Internacionais, Célio Porto; e pelo diretor do Departamento de Sanidade Vegetal, Cósam Coutinho.
Em fevereiro deste ano, o ministro da Agricultura, Mendes Ribeiro Filho, reuniu-se com o ministro da Aqsiq, Zhi Shuping, para tratar, entre outros temas, da ampliação das áreas autorizadas a exportar tabaco. Após esse encontro, o governo Chinês avaliou requisitos fitossanitários de produção de folha de tabaco dos dois estados



Souza Cruz apoia programa “Mais Água, Mais Renda” no Rio Grande do Sul

 Enviar Por E-mail Enviar Por E-mail | Imprimir Imprimir
midia_semfoto5

Esteio (RS) - A Souza Cruz assinou nesta terça-feira, dia 28, o Termo de Cooperação do programa Mais Água, Mais Renda, durante a Expointer, no Salão de Eventos do Banco do Brasil, no setor de Máquinas. Em parceria com o Estado do Rio Grande do Sul e coordenado pela Secretaria de Agricultura, Pecuária e Agronegócio do RS, o objetivo do programa é incentivar e facilitar a expansão da irrigação, viabilizando e ampliando essa prática para os produtores rurais do Rio Grande.
 “Nosso apoio se dará no sentido de divulgação do Programa e orientação aos produtores integrados da Souza Cruz em como participar do mesmo. Outros setores como soja, milho, fruticultura e entidades bancárias também participarão da iniciativa”, explica o gerente de Assuntos Corporativos, Carlos Palma.
 Através desta parceria, firma-se um importante passo para o avanço desse tipo de tecnologia para os fumicultores, de



Seminários de Reflorestamento em Sobradinho e Candelária

 Enviar Por E-mail Enviar Por E-mail | Imprimir Imprimir
midia_27ago12_candelaria

Numa iniciativa da JTI, evento aconteceu nos dias 22 e 23 de agosto, com o objetivo de atualizar conhecimentos

Produtores estiveram reunidos em Sobradinho e Candelária

Com o objetivo de atualizar os conhecimentos de seus produtores integrados sobre reflorestamento na pequena propriedade rural, a JTI realizou, dias 22 e 23 de agosto, dois seminários sobre o tema nos municípios de Sobradinho e Candelária, respectivamente. Os eventos, realizados no Salão Paroquial da Igreja Matriz e na Associação do Comércio e Indústria de Candelária (Acic), reuniram cerca de 300 produtores integrados à empresa.