Saiu na mídia


Programa estimula uso sustentável da água nas propriedades rurais

 Enviar Por E-mail Enviar Por E-mail | Imprimir Imprimir
thumb-programa-estimula-uso-sustentavel

Programa Gestor de Recursos Hídricos, lançado nesta quinta-feira, 5 de junho, é uma parceria entre a Souza Cruz e a Ufpel
Santa Cruz do Sul (RS) – No Dia Mundial do Meio Ambiente, a Souza Cruz e Universidade Federal de Pelotas (Ufpel) lançaram, em Santa Cruz do Sul (RS), o Programa Gestor de Recursos Hídricos. O evento, que reuniu pesquisadores, autoridades, convidados e imprensa, foi realizado no Parque Ambiental da empresa, localizado junto à unidade no Distrito Industrial. “A parceria firmada com a universidade é um exemplo de como pode haver cooperação entre a academia e o mundo corporativo, com foco no desenvolvimento de uma agricultura brasileira sustentável, bem como, para temas relevantes para a sociedade como um todo”, afirmou o gerente Nacional de Produção Agrícola da Souza Cruz, Hélio Moura.
O programa consiste na promoção do consumo sustentável de



Alliance One apresenta na Fenachim Relatório de Sustentabilidade 2013

 Enviar Por E-mail Enviar Por E-mail | Imprimir Imprimir
thumb-relatorio-de-atividade

Publicação destaca as principais ações da empresa nas esferas econômica, ambiental e social na Região Sul do Brasil
Venâncio Aires – Um evento direcionado à imprensa regional realizado no estande da Alliance One e da China Brasil Tabacos na 13ª Festa Nacional do Chimarrão (Fenachim), na última terça-feira, 6, em Venâncio Aires (RS), marcou a apresentação oficial do Relatório de Sustentabilidade 2013 da Alliance One Brasil Exportadora de Tabacos (AOB). A publicação, editada pelo sétimo ano consecutivo, destaca as principais iniciativas da empresa nas esferas econômica, ambiental e social no três estados do Sul do Brasil, onde a AOB mantém atuação.
“As nossas relações com as comunidades, fornecedores, produtores integrados, colaboradores e todos os públicos estão retratadas nesta publicação, numa verdadeira radiografia da essência do nosso negócio pela ótica da sustentabilidade”, frisou o diretor Regional para a América do Sul,



CTIB e Alliance One formalizam a criação da joint venture China Brasil Tabacos

 Enviar Por E-mail Enviar Por E-mail | Imprimir Imprimir
thumb-release-sem-foto

Venâncio Aires (RS) – China Tabaco Internacional do Brasil (CTIB) e Alliance One Brasil Exportadora de Tabacos (AOB) confirmaram na última quarta-feira, dia 26 de março de 2014, a formalização do processo de criação da joint venture China Brasil Tabacos Exportadora S.A. (CBT).
Com o anúncio, que ratifica o acordo definitivo assinado em 31 de dezembro de 2011 pelas empresas, a CTIB adquiriu 51% das ações da CBT.
A China Brasil Tabacos, que operou nas últimas duas safras de forma independente, porém sob a coordenação da Alliance One, segue com a unidade de compra na Rua Silveira Martins, 1733, em Venâncio Aires.
A empresa possui atualmente 9,5 mil produtores integrados no Rio Grande do Sul, com a geração de 260 empregos diretos, entre efetivos e temporários, nas áreas de campo, compra e administração.
Fonte: FOUR Comunicação



Tolerância

 Enviar Por E-mail Enviar Por E-mail | Imprimir Imprimir
thumb_midia_semfoto

Os costumes se alteram e, com eles, certas noções corriqueiras do bem e do mal, do vício e da virtude. Comportamentos que eram considerados como “maus” tornam-se socialmente aceitos, enquanto outros que eram admitidos já não são mais compartilhados.
Processos desse tipo são inerentes ao desenvolvimento das sociedades. Daí não se segue, porém, que o “novo” seja melhor do que o “velho” ou que haja necessariamente “progresso” nessas mutações. Devemos ter o maior cuidado em não identificar o último na ordem do tempo como o melhor para a sociedade no seu conjunto.
O Brasil vive um momento particularmente interessante de sua história, em uma espécie de frenesi pelo novo que ganha os contornos de uma realização do “bem”. A predominância do politicamente correto funciona como um tipo de parâmetro que deveria ser universalmente válido, como se as pessoas não fossem



Zeca Baleiro e Orquestra da Ulbra levam mais de cinco mil pessoas ao Música em Movimento

 Enviar Por E-mail Enviar Por E-mail | Imprimir Imprimir
thumb-zeca-baleiro

Zeca Baleiro, autoridades e público do evento | CRÉDITO FOTO : Rodrigo Assmann

Abertura da apresentação, na noite do último sábado, ficou por conta do 7º Batalhão de Infantaria Blindado (BIB)
Santa Cruz do Sul – Um concerto num parque europeu, com o calor do povo brasileiro. Esta foi a impressão que o show do Projeto Música em Movimento, realizado na noite do último sábado, 22, no Parque da Oktoberfest, em Santa Cruz do Sul, deixou para o cantor e compositor Zeca Baleiro, que se apresentou junto com a Orquestra da Universidade Luterana do Brasil (Ulbra).
“Muito bacana ver as famílias saindo de casa num sábado à tardinha, chegando com as suas cadeiras e com o chimarrão para assistir a um espetáculo ao ar livre”, destacou Baleiro, ao final a apresentação. O evento com entrada franca, promovido pela Souza Cruz,



JTI inaugura Unidade de Compra em Pouso Redondo (SC)

 Enviar Por E-mail Enviar Por E-mail | Imprimir Imprimir
thumb-midia-jti

Solenidade de inauguração da unidade de Pouso Redondo | CRÉDITO FOTOS: Nelson da Rocha

Pouso Redondo (SC), 13 de março de 2014 – Na última quarta-feira, 12 de março, a Japan Tobacco International (JTI) inaugurou, oficialmente, sua Unidade de Compra de Tabaco Cru em Pouso Redondo (SC). Em operação desde o início do mês de janeiro, o local oferece toda a infra-estrutura para a comercialização de tabaco dos produtores integrados à empresa. “Esta nova estrutura está mais bem localizada regionalmente, facilitando o contato e o acesso com 85% dos produtores do Alto Vale do Itajaí”, destaca o diretor de Serviços e Operações, Astor Bublitz.
A cerimônia de inauguração, realizada na rua Ralf Hededa, 245, no Bairro Leopoldo Mees (antigo bairro Fadel), contou com a presença da prefeita de Pouso Redondo, Nair Goulart, além de secretários municipais, vereadores, presidentes e representantes



O fumo que dá renda

 Enviar Por E-mail Enviar Por E-mail | Imprimir Imprimir
thumb-fumo-que-da-renda

Entenda por que a parceria entre indústria tabagista e os agricultores familiares continua firme, a despeito das campanhas contra o cigarro
O consumo de tabaco no mundo caiu quase 10% entre 2000 e 2010, período em que muitos países iniciaram fortes campanhas contra o hábito de fumar. Desde então, o consumo mundial de cigarro se manteve estável, em torno de 5,7 trilhões de unidades por ano.
No Brasil, o número de fumantes caiu 20%, entre 2006 e 2012, segundo o Levantamento Nacional de Álcool e Drogas (Lenad) da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). Mas, em vez de agricultores falidos, com produção em queda e buscando alternativas em outras culturas ou vendendo as suas propriedades, o que se vê é exatamente o contrário.
Quem planta tabaco não tem do que reclamar. Enquanto o hábito de fumar vai perdendo adeptos no



Calendário do Produtor Integrado Souza Cruz 2014 homenageia as Mulheres do Campo

 Enviar Por E-mail Enviar Por E-mail | Imprimir Imprimir
thumb-homenagem-as-mulheres

Publicação, desenvolvida há três décadas, já é tradição entre os produtores integrados
Santa Cruz do Sul (RS) – A mulher tem conquistado cada vez mais espaço na sociedade e, no meio rural, não é diferente. E a edição de 2014 do Calendário do Produtor Integrado da Souza Cruz mostra isso. O tema Mulheres do Campo: Histórias que Inspiram destaca a participação da mulher na gestão da propriedade e na tomada de decisão do negócio agrícola familiar ocupando um papel fundamental nesta rotina.
“Percebemos a influência e a participação das mulheres nas relações e decisões tomadas nas propriedades agrícolas familiares e assim buscamos uma forma de homenageá-las no calendário 2014”, explica o gerente de Assuntos Corporativos da Souza Cruz, Carlos Palma.
Desde os anos 80, o calendário desenvolvido pela Souza Cruz é uma ferramenta de comunicação que já faz parte da



Convênio estimula fumicultores a diversificar culturas e armazenar grãos na propriedade

 Enviar Por E-mail Enviar Por E-mail | Imprimir Imprimir
thumb-saiu-na-midia111213

O balanço entre boa safra e preços altos resultou numa das maiores colheitas de fumo dos últimos 20 anos no Estado. Se os fumicultores já obtiveram mais renda do que em outras épocas com apenas um tipo de plantação, agora, com o estímulo ao cultivo do milho e feijão irrigado na resteva do fumo e armazenando os grãos para vender na entressafra eles terão dinheiro o ano todo.
A possibilidade de diversificação ganha impulso a partir do RS Mais Grãos, programa do governo do Estado, lançado pelo governador Tarso Genro em outubro, que teve convênio de parceria assinado nesta segunda-feira (09), em Dom Feliciano, pelo secretário estadual da Agricultura, Luiz Fernando Mainardi, com o Sindicato Interestadual das Indústrias de Tabaco (Sinditabaco) e a Associação dos Fumicultores do Brasil (Afubra). Cerca 400 pessoas, na maioria agricultores, participaram do ato de assinatura.



Dinheiro Rural – Cuidando do campo

 Enviar Por E-mail Enviar Por E-mail | Imprimir Imprimir
dinheiro-rural-cuidando-do-campo

O mercado de alimentos brasileiro vem passando por grandes transformações. Com mais acesso à informação, os consumidores estão exigindo produtos mais saudáveis, com melhor qualidade e por um preço justo. Também começam a crescer as exigências por boas práticas sociais, trabalhistas e com o meio ambiente.
Como se adaptar a essa nova realidade? Para os dirigentes da Cooperativa Central Aurora Alimentos, de Chapecó, no Oeste de Santa Catarina, a resposta atende pelo nome de gestão da cadeia produtiva. Essa prática esta enraizada no DNA da Aurora, que cuida não só da parte industrial e comercial, mas também acompanha de perto seus fornecedores de matéria-prima, os produtores rurais. Assim, a companhia que atua com o processamento e a comercialização de aves, suínos e lácteos pretende chegar ao final de 2014 com um faturamento superior a R$ 6,6 bilhões, resultado 17% maior