Releases


Futuro do setor produtivo será tema de audiência pública em Brasília

 Enviar Por E-mail Enviar Por E-mail | Imprimir Imprimir
thumb-tabaco-seco

Junho 2016– A Câmara dos Deputados será sede de audiência pública para tratar da 7ª Conferência das Partes (COP7) da Convenção-Quadro para o Controle do Tabaco, que será realizada em novembro deste ano, na Índia. O presidente do Sindicato Interestadual da Indústria do Tabaco (SindiTabaco), Iro Schünke, participa do evento promovido pela Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural, da Câmara dos Deputados, em Brasília, na terça-feira, 14 de junho. Com início previsto para 14h30, no Plenário 6, Anexo II, a audiência terá transmissão via internet e, possivelmente, pela TV Câmara.
Com o tema “Debate sobre a posição do Brasil na COP7 e a situação atual na cadeia produtiva do tabaco”, a audiência é objeto do requerimento nº 220/2016, de autoria do deputado Alceu Moreira. Além dos SindiTabaco, foram convidadas outras entidades da cadeia produtiva para se manifestaram, bem



Adolescentes são contratados como jovens aprendizes rurais em Candelária

 Enviar Por E-mail Enviar Por E-mail | Imprimir Imprimir
Turma-Candel�r

Instituto Crescer Legal apresentou a primeira turma do curso de “Empreendedorismo em Agricultura Polivalente – Gestão Rural” em atividade no município de Candelária.
Junho 2016 – Uma grande oportunidade. Esse é o sentimento de 20 jovens de Candelária e seus familiares. A primeira turma do Programa de Aprendizagem Profissional Rural do Instituto Crescer Legal foi apresentada à comunidade nesta quinta-feira, 09 de junho, em evento promovido pelo Instituto em parceria com a Secretaria Municipal de Educação. Jovens aprendizes, familiares, autoridades locais, parceiros e imprensa estiveram reunidos na Escola Municipal de Ensino Fundamental São Paulo, localidade de Linha do Rio, para conhecer as instalações e equipe de educadoras do curso.

Primeira turma: a educadora social Cristiana Rehbein (primeira da esquerda para a direita) e os 20 jovens aprendizes rurais
Composto por 20 jovens aprendizes, o curso “Empreendedorismo em Agricultura Polivalente –



Formada 2ª turma de responsáveis técnicos em Produção Integrada de Tabaco

 Enviar Por E-mail Enviar Por E-mail | Imprimir Imprimir
new_01

Habilitação concedida pelo MAPA tem como propósito a certificação do produto. Engenheiros agrônomos e agrícolas, bem como técnicos agrícolas/agropecuária do quadro funcional das empresas associadas ao SindiTabaco participaram da capacitação.
Junho 2016 – O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, com o apoio do Instituto Nacional de Metrologia (Inmetro), formou nesta sexta-feira, 03 de junho, a segunda turma de Responsáveis Técnicos (RTs) que vão atuar no campo para acompanhar a Produção Integrada do Tabaco (PI Tabaco), utilizando como referência as Normas Técnicas Específicas do programa e tendo como propósito a certificação do produto.
Com um total de 40 horas, o curso realizado em Santa Cruz do Sul (RS), de 30 de maio a 03 de junho, sob a coordenação da Universidade Federal de Pelotas (UFPel) e a gestão do Sindicato Interestadual da Indústria do Tabaco (SindiTabaco), envolveu profissionais responsáveis pelas



Instituto Crescer Legal apresenta jovens aprendizes rurais de Candelária

 Enviar Por E-mail Enviar Por E-mail | Imprimir Imprimir
ICL_Turma Cand

Solenidade apresentará a primeira turma do curso de “Empreendedorismo em Agricultura Polivalente – Gestão Rural” em atividade no município.
Junho 2016 – A primeira turma do Programa de Aprendizagem Profissional Rural do Instituto Crescer Legal será apresentada à comunidade nesta quinta-feira, 09 de junho, em Candelária (RS). O evento, promovido pelo Instituto em parceria com a Secretaria Municipal de Educação, inicia às 14 horas, na Escola Municipal de Ensino Fundamental São Paulo, localidade de Linha do Rio. Foram convidadas autoridades locais, associados e parceiros do Instituto, familiares dos jovens aprendizes e imprensa. Na ocasião também serão apresentadas as instalações e equipe de educadoras do curso, viabilizado com a parceria da prefeitura de Candelária e recursos doados por meio do Conselho Municipal dos direitos da Criança e do Adolescente (Comdica).

Composto por 20 jovens aprendizes, o curso “Empreendedorismo em Agricultura Polivalente



Cresce o uso de práticas conservacionistas nas regiões produtoras de tabaco

 Enviar Por E-mail Enviar Por E-mail | Imprimir Imprimir
10 - G (6)

Pesquisa realizada pelo SindiTabaco aponta que o sistema convencional de cultivo do solo que em 2007 era realidade em 83% das propriedades produtoras de tabaco, caiu para 32% em 2015.
05 de junho 2016 (Dia Mundial do Meio Ambiente) – O setor de tabaco tem investido recursos consideráveis em pesquisa e assistência técnica para aumentar a conscientização dos produtores sobre a importância das boas práticas agrícolas. Dados coletados em pesquisa realizada pelo Sindicato Interestadual da Indústria do Tabaco (SindiTabaco) demonstram os bons resultados na preservação do solo, redução no uso de agrotóxicos, utilização do manejo integrado de pragas e o estímulo ao reflorestamento.
Para o presidente do SindiTabaco, Iro Schünke, o Sistema Integrado de Produção de Tabaco é um grande aliado do meio ambiente nesse sentido. “A orientação técnica tem sido de inestimável importância na difusão destas tecnologias e um



Instituto Crescer Legal apresenta curso em oficina da OIT

 Enviar Por E-mail Enviar Por E-mail | Imprimir Imprimir
240516_Oficina OIT POA

Adolescentes selecionados para o curso de Empreendedorismo em Agricultura Polivalente – Gestão Rural são contratados como jovens aprendizes rurais pelas empresas associadas ao Instituto.

Maio 2016 – O Instituto Crescer Legal foi convidado pela Organização Internacional do Trabalho (OIT) a apresentar a experiência do Programa de Aprendizagem Profissional Rural durante a oficina de trabalho Integração de Experiências sobre Aprendizagem Profissional para Adolescentes e Jovens da Agricultura Familiar. O evento foi realizado no dia 24 de maio, em Porto Alegre, com o objetivo de fomentar o diálogo colaborativo e o conhecimento de experiências sobre Aprendizagem Profissional Rural existentes e contribuir com o Grupo Técnico de Estudos (GTE) na construção de um modelo de aprendizagem profissional adequado à realidade da agricultura familiar.
A Oficina de Trabalho recebeu integrantes do Judiciário, do Ministério Público do Trabalho, do Governo Federal, do Sistema S., Serviço



Deputados gaúchos vão buscar posição do governo brasileiro com relação à COP7

 Enviar Por E-mail Enviar Por E-mail | Imprimir Imprimir
thumb-tabaco-seco

O grupo propôs como encaminhamento visitas aos principais ministérios envolvidos com a Conferência para demonstrar a importância econômica e social, especialmente para a Região Sul do País.
Porto Alegre (RS), 19 maio 2016 – A Comissão de Agricultura, Pecuária e Cooperativismo (CAPC) da Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul promoveu audiência pública nesta quinta-feira, 19 de maio, para tratar sobre a participação brasileira na 7ª Conferência das Partes (COP7) da Convenção-Quadro para o Controle do Tabaco, que será realizada em novembro deste ano, em Nova Delhi, na Índia. O evento realizado na Assembleia Legislativa gaúcha reuniu deputados e representantes de entidades e empresas do setor produtivo.
O presidente da Comissão, deputado Adolfo Brito, abriu a audiência reforçando o sentimento do setor produtivo, que “se considera totalmente à margem dessas negociações nesse momento”. Segundo o proponente da audiência,



Safra paranaense do Programa Milho e Feijão pode render R$ 120 milhões aos produtores de tabaco

 Enviar Por E-mail Enviar Por E-mail | Imprimir Imprimir
279

Expectativa é que o cultivo de milho e feijão após a colheita do tabaco nos três estados sul-brasileiros gere R$ 650 milhões, com área de 152 mil hectares. No Paraná, os grãos foram cultivados em 27 mil hectares.
Maio 2016 – O Sindicato Interestadual da Indústria do Tabaco (SindiTabaco) apresentou nesta terça-feira, 17 de maio, os números da safrinha de grãos cultivados após a colheita do tabaco no Paraná. O evento ocorreu em Ipiranga, na propriedade de Edenilson Scheifer, na Colônia Scheifer, com presença de representantes do governo do Estado, da Associação dos Fumicultores do Brasil (Afubra), da Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado do Paraná (Fetaep), da Federação da Agricultura do Estado do Paraná (FAEP) e do Instituto Paranaense de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), prefeito, imprensa e produtores rurais.
Segundo pesquisa realizada pelo Sindicato Interestadual da



Diversificação da propriedade pauta evento em Ipiranga

 Enviar Por E-mail Enviar Por E-mail | Imprimir Imprimir
thumb-2

Maio 2016 – Será realizado na próxima terça-feira, 17 de maio, o evento de Início da Colheita do Programa Milho e Feijão no Paraná. A programação acontece na propriedade de Edenilson Scheifer, na Colônia Scheifer, em Ipiranga, a partir das 10h30, quando serão apresentados os resultados do programa no Paraná. Haverá também a realização de colheita demonstrativa e está prevista a presença do secretário estadual da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara.
Conduzido pelo Sindicato Interestadual da Indústria do Tabaco (SindiTabaco), o Programa Milho e Feijão reúne a ação da estrutura de campo das empresas associadas e de técnicos das entidades apoiadoras, que oferecem assistência técnica e capacitação de produtores. No Paraná, são parceiros o Governo do Estado, a Associação dos Fumicultores do Brasil (Afubra), a Federação da Agricultura do Estado do Paraná (Faep), a Federação dos Trabalhadores na Agricultura



Produtores de tabaco poderão devolver embalagens vazias de agrotóxicos

 Enviar Por E-mail Enviar Por E-mail | Imprimir Imprimir
baixa

Programa de Recebimento de Embalagens Vazias de Agrotóxicos passará por 39 municípios entre os dias 16 de maio e 13 de junho.

Maio 2016 – As equipes do Programa de Recebimento de Embalagens Vazias de Agrotóxicos vão percorrer 39 municípios do Litoral Sul de Santa Catarina, em roteiro que vai de 16 de maio a 13 de junho. Os caminhões iniciarão os trabalhos pelos municípios de Ermo e Araranguá. E seguirão por Maracajá, Içara e Jaguaruna. Os produtores rurais devem levar as embalagens já tríplice-lavadas até o ponto de coleta mais próximo, conforme os convites/avisos entregues pelos orientadores agrícolas da região ligados às empresas associadas ao Sindicato Interestadual da Indústria do Tabaco (SindiTabaco) e à Associação dos Fumicultores do Brasil (Afubra). O roteiro completo está disponível no site do SindiTabaco (www.sinditabaco.com.br).
Com 16 anos de atuação, o programa é exemplo